terça-feira, 10 de abril de 2018

Se destruírem vão ter problemas, fica o aviso...


A definição não é a melhor, mas julgo que cumpre o objectivo, o de mostrar ninhos de andorinha. Todos os anos elas presenteiam-nos com um dos mais belos espectáculos nos céus de Sicó e não só. Chegam para procriar e, muitas vezes, voltam aos ninhos que se mantêm, fazendo melhorias nos mesmos.  Por vezes, e quando chegam, já não têm ninhos à sua espera e fazem novos. Há quem destrua os ninhos...
Fora da época de nidificação é legal, mas dentro da época de nidificação é ilegal! Nos últimos anos tenho visto algumas pessoas a destruir ninhos, umas vezes sem saberem que é ilegal (na época de nidificação), outras sabendo que é ilegal. E mesmo fora da época de nidificação não se pode colocar redes, espigões ou arames, que impeçam a nidificação das andorinhas.
Por uma ou duas vezes tive de alertar as pessoas, tal como é de esperar da minha parte. Uma das vezes tive de ser mais incisivo, algo que foi desagradável tendo em conta que conhecia as pessoas e que já depois de avisadas voltaram a fazer o mesmo. As heróicas andorinhas insistiram e deram uma lição de sobrevivência.
Compreendo que em certos casos é uma situação problemática, já que em alguns locais a sujidade é imensa, mas como podemos nós pensar que as outras espécies não podem sujar quando o que elas fazem é natural? Como é que nós nos podemos armar em moralistas quando sujamos bem mais e nem sequer por razões de sobrevivência? É uma perspectiva que importa reter...
Por isto e muito mais, fica a informação que é ilegal destruir ninhos de andorinha (e não só..) em época de nidificação. Quem o fizer terá de prestar contas às autoridades. Se virem alguém a destruir ninhos de andorinha denunciem sff. Se tiverem receio digam-me que eu trato das coisas. Tirem fotos, caso se deparem com um caso destes.


Sem comentários: