domingo, 19 de fevereiro de 2012

A justiça não folga ao domingo!


Foi num belo domingo de sol que certo cidadão teve uma atitude reprovável, quando se lembrou de queimar resíduos altamente poluentes, o que configura um crime ambiental grave. Sinceramente, e por mais esforço que faça, não compreendo o que é que passa pela cabeça de alguém que tem atitudes reprováveis e altamente lesivas em termos de saúde pública. Será que esta pessoa pensou que aos domingos não haveria fiscalização? Será que confiou no facto da grande maioria dos ansianenses ser passivo perante tais actos?
A resposta não sei, sei apenas que pensou mal, já que a fiscalização não folga aos domingos, e que confiou em demasia, já que apesar da grande maioria dos ansianenses ser passivo e tolerante perante tais actos, basta um para denunciar.
A manhã de sol até estava a correr bem, mas foi sol de pouca dura. O fumo negro deu muito nas vistas e eu obviamente fiz o que que qualquer uma das muitas centenas de pessoas que viram, deveria ter feito, ou seja denunciar! As mentalidades têm mudado, é certo, no entanto é um processo que demora muito e que teima em ter muitos desvios. Não compreendo porque é que os ansianenses (e outros) vendo algo que está mal, pouco nada fazem para mudar o que está mal. São escassos os que fazem algo, é a esses que agradeço os telefonemas que me fazem!
Estou para ver se um determinado jornalista, que vive ali bem perto, publica uma notícia sobre esta questão, pois afinal o fumo tóxico chegou-lhe às portas de casa...
Há que denunciar casos como este. Não há que ter medo, pois caso não queiram denunciar publicamente, sempre podem denunciar de forma anónima! Eu não tenho esse problema ou essa condicionante, pois faço as denúncias assinando por baixo. 
Por vezes vejo situações onde não vale a pena denunciar, valendo a pena sim ser pedagógico (já tive sucesso em algumas situações de pouca gravidade), no entanto em situações como esta não há perdão, dada a sua gravidade. Não é o ambiente que perdeu com esta queima ilegal de resíduos tóxicos, foi sim a comunidade, pois além de respirar gases tóxicos, irá beber, directa ou indirectamente, água poluída (dos aquíferos), é isso afinal que está em causa. Pensem nos vossos filhos, netos ou outros! Vão continuar a ser passivos perante actos tão gravosos como este? 

2 comentários:

Primaço disse...

Como é Jony!!! Só para esclarecer, que o acaso deste domingo de manhã de sol, estávamos juntos quando se avistou a fumaçada. Para além do mais, cresci ali sim, mas quem ali mora são os meus pais... por isso, (e não é que a carapuça, do meu amigo Jô, não me possa servir) tenho dito, abracinhos!!!

João Paulo Forte disse...

Eu sei que estávamos juntos, mas a indirecta que mandei não foi para os teus lados, foi sim para o outro lado do IC8... Tens de estar com mais atenção :-P