domingo, 1 de março de 2009

Caçadores destroem carvalhal, património desprotegido!!


Confesso que pensava que já tinha visto ou sabido de todo o tipo de coisas que muitos caçadores fazem na região de Sicó, todas elas lamentáveis, desde atirarem a matar sobre águias e milhafres (e outras espécies protegidas) até à sementeira vergonhosa que fazem de cartuchos e chumbo um pouco por todo o lado. Mas desta feita fiquei completamente revoltado sobre um acto cobarde praticado por um grupo de caçadores não identificado, acto este que consistiu na destruição de um pequeno carvalhal plantado em 2008 por um grupo de crianças dos 12 aos 15 anos.

Nesta primeira foto vêm o aspecto aquando de uma visita de controlo de crescimento dos carvalhos (para ver se tudo estava bem), no dia 29 de Abril de 2008, cerca de 2 meses após o plantio (foram plantados faz hoje precisamente um ano):

Não coloco uma foto do grupo de crianças por uma questão de protecção das mesmas e pelo facto de não ter autorização da entidade a que elas pertencem, mas penso que dá bem para ver o quanto bonito os carvalhos estavam na altura.

Após esta última data voltei ao local para outra visita de controlo ( pois tinha ficado o comprometimento com o dono do terreno que o cedeu para o plantio de ir fazendo um controlo, em termos temporais, para confirmar que tudo estaria bem ) onde confirmei que tudo estava bem, já que a ideia seria voltar lá com elas de uma forma regular para elas acompanharem o crescimento dos seus carvalhos (cada uma tinha plantado 1 carvalho neste terreno, num total de 30).

Eis que a semana passada voltei de novo para um novo controle e me deparei com o cenário, estranhei ao início do terreno uma quantidade apreciável de cartuchos e logo de seguida comecei a ver que qualquer coisa estava mal, pois além de mais cartuchos espalhados pelo terreno, todos os carvalhos tinham sido vandalizados, chegando-se ao cúmulo de terem arrancado os paus de suporte de crescimento e pontapeado as pedras em círculo que sinalizavam cada um dos carvalhos. Após a constatação e observação de outros factos, a conclusão foi muito simples, não foram javalis a fazer aquilo (por vezes eles fazem estragos.....), foi sim algum grupo de caçadores frustrados que fez do local ermo um local de brincadeira, o qual ficou num estado lastimável! As próximas três fotos são bem demonstrativas do cenário:



Fiz também um pequeno vídeo que daqui a breves dias irei disponibilizar no meu canal do youtube. Nos próximos dias irei colocá-lo neste mesmo post, se cá voltarem daqui a uns dias poderão ver, por agora a ligação wireless não está a ajudar...

Um dos próximos comentários será dedicado exclusivamente aos caçadores, pois já há vários anos acompanho as asneiras que eles fazem neste região e sei bem capaz do que eles são capazes de fazer pela negativa, pois pela positiva nada fazem, lembram-se de fazer de vez em quando iniciativas tipo greenwash. Sei que para alguns será injusto, pois tenho alguns amigos caçadores e eles são pessoas correctas, mas o problema é que os que fazem asneira são a maioria, por isso mesmo é que cada vez mais são considerados um grupo que apenas mal traz a esta região ( e não só ), onde lobbys poderosíssimos se movem com algumas pessoas que pensam que o tempo da burguesia e dos lords ainda existe...

Pessoalmente considero que a caça deveria ser abolida, apenas quando houvesse necessidade de controle de espécies se poderia dar autorização a caçadores devidamente avaliados do ponto de vista psicológico, sem bem que o ano passado uma investigadora que os estudou disse «...se lhes tiram a caça eles matam alguém...» O bom disto é que assim dezenas de espécies poderiam recuperar de anos de matança gratuita.

Não percebo também porque é que quando um caçador compra cartuchos novos não tem de entregar os velhos, ou então porque é que ainda há poucos anos estes "senhores" semeavam cerca de 500 toneladas de chumbo pelo solo deste país só porque precisam de praticar um "desporto", será que matar animais selvagens é desporto?

É uma coisa que nunca compreendi, o que leva estes "senhores" a levantarem-se tão cedo nos dias de caça, deixar a mulher na cama e os filhos sozinhos, só para irem para o mato mostrar a sua pseudovirilidade com armas e equipamentos caros a matar animais que apenas têm a sua função na Natureza, animais inocentes que morrem aos milharem com a nossa acção nefasta sobre a natureza, seja pela poluição, destruição de habitat ou fragmentação dos habitats com a bela estrada onde muitos mostram o seu bólide envaidecidos, escondendo muitas vezes indivíduos sem moral e com princípios supérfluos.

Porque é que em vez disso não vendem a espingarda e compram uma boa máquina fotográfica e partem com os amigos, mulher ou filhotes à caça da melhor fotografia que conseguirem encontrar na região? Isso sim é um desafio e aventura!!

Sem comentários: