quarta-feira, 14 de março de 2018

Não há 2 denúncias sem 3 denúncias...


Foi há 2 anos que surgiu a primeira denúncia. Depois surgiu a segunda. Por estes dias já seguiu a terceira denúncia. Onde? Entre a Ribeira de Alcalamouque e o Rabaçal. Olhem para a vossa direita (vindos do Rabaçal) ou para a vossa esquerda (vindos da Ribeira de Alcalamouque) e verão do que falo. Em plena reserva ecológica nacional cometeram, pela terceira vez, uma ilegalidade, por isso não haverá perdão. Estou curioso para ver se é para fazer o mesmo do costume, ou seja plantar eucaliptos...
A fiscalização é uma palavra vã, já que nada do que foi destruído inicialmente foi até agora reposto. É a triste sina. Como se costuma dizer, o crime compensa, daí as coisas infelizmente não mudarem. A literacia ambiental é escassa, tal como está mais uma vez à vista de todos.
É mesmo isto que queremos que aconteça recorrentemente? É esta a Sicó que queremos?


Sem comentários: