segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Fazer coisas que não devemos para as coisas andarem para a frente?!


Pois é, por vezes surge uma frase ou desabafo que, embora passe despercebida à maior parte das pessoas e mesmo a quem a diz, demonstra muito. Por vezes detecto algumas dessas frases, outras nem por isso, mas desta vez ficou-me na memória uma frase que tem muito que se lhe diga. Indo então para a tal frase:

  "... o nosso país é um país com demasiada burocracia, é um país em crise. é um país que precisa de dinheiro. ás vezes temos de fazer coisas q nao devemos para as coisas andarem para a frente..."

Esta frase foi dita por um jovem, o qual concerteza não se deu conta da gravidade do que disse. É algo que não me admira, já que hoje em dia muitos jovens são manipulados por interesses vários, neste caso manipulado por uma juventude partidária. Admito que, genericamente falando, detesto as juventudes partidárias. Isto porque, muitas vezes, estas são meramente uma escola de más virtudes, as quais são utilizadas para alicerçar interesses económicos predatórios e corruptos. Sei do que falo, já que em miúdo fiz parte de uma, tendo-me afastado ainda jovem, dado o facto de me ter apercebido da podridão ali existente. Curiosamente esta juventude partidária, que abordo agora, é de Alvaiázere, local onde as más virtudes são levadas ao um expoente de imbecilidade crónica.
Voltando à frase destacada, esta mostra bem o quanto moldadas conseguem ser as mentalidades dos jovens. Incrivelmente consegue-se passar a mensagem de que fazendo aquilo que está mal se chega a um futuro promissor. Quem tiver a mente despoluída desta nocividade "política", consegue ver que quem está a moldar aquelas mentalidades, são interesses corruptos, os quais, sob a batuta da política, têm terreno fértil para a promoção da iliteracia cultural. Dito por miúdos, estes interesse corruptos, conseguem, através da manipulação mental, "educar" autênticos "soldados", os quais, mais tarde vão ajudar a legitimar estes interesses corruptos, de entre os quais interesses de algumas famílias de elite que vêm o bem comum como que se do bem bem próprio fosse.
Onde é que já se viu uma sociedade de bem fazer coisas que não deve para as coisas andarem para a frente? Coisas, que coisas são estas? Não serão sim os interesses corruptos? É que os interesses de corruptos não são os interesses da sociedade!
As coisas só andarão para a frente quando limparmos esta sociedade de corruptos, de malandros oportunistas, de lambe-botas, etc. Não é no facebook que isto se resolve, com um like, é sim na vida real, a diferença é que na vida real as coisas doem e esta luta pode ter consequências para nós próprios. Mas para isso é preciso ter coragem de afrontar esta gentalha, coisa que poucos têm. Há que não ter medo de ficar sem o emprego, pois isso é o menos importante, arranja-se outro, tal como eu o fiz, dando a volta por cima!
As coisas só andarão para a frente fazendo as coisas bem, as coisas certas, é isso que tem falhado e que nos levou à situação actual, é simples e não custa entender. Não é com malandragem que o país avança.
A inversão de valores é uma coisa perigosa demais para eu deixar passar em branco esta frase. Esta inversão de valores tem sido desastrosa para o património da região de Sicó (e não só), daí esta minha chamada de atenção para um problema que é real e que passa ao lado de muita gente distraída.
Um conselhos aos pais desta região, não deixem os vossos filhos andar nas jotas, pois o resultado é desastroso. Deixem sim os vossos filhos andar no associativismo, no voluntariado, no desporto e em tudo aquilo que os faz crescer de forma sã e produtiva!

Sem comentários: