sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

E porque não um documentário sobre a região de Sicó?!


A ideia surgiu-me logo depois de ver o brilhante documentário de Daniel Pinheiro, sobre o Mondego, no entanto apenas agora lanço a ideia publicamente. Penso que só voltei a pensar nisto depois de recentemente ter (re)visto um outro fantástico documentário, o "Pare, escute, olhe", o qual me fez recordar esta ideia que agora passo a apresentar.
Os destinatários deste meu comentário, onde pretendo lançar o desafio, são precisamente os estudantes que, no âmbito de um trabalho académico, pretendam efectuar um documentário televisivo sobre uma determinada região e sobre o seu património natural ou cultural. Não esqueço também aqueles que, mesmo não tendo ainda decidido, possam ter aqui um motivo para, futuramente, escolherem Sicó para um documentário.
Sicó tem tudo para que possa surgir um belo documentário que sirva o intuito da divulgação desta bela região, a qual, genericamente falando, abrange parte dos concelhos de Ansião, Alvaiázere, Pombal, Soure, Condeixa e Penela (embora tenha continuidade para Sul...). 
Pontos de interesse (extraordinários!) não faltam, pessoal que ajude também não. Da minha parte, e caso surja algum interessado, estarei disponível para ajudar, seja no trabalho de campo, seja através da partilha de conhecimento, ou mesmo através do estabelecimento de contactos que podem ser uma boa ajuda nesta árdua tarefa que é fazer um bom documentário sobre Sicó. Nunca se sabe se um eventual documentário não sirva também para o lançamento de mais um jovem nesta arte que é a dos documentários.
Sei que a possibilidade de acontecer um documentário sobre Sicó é muito reduzida, mas se eu não acreditasse que isso era possível, não estaria a perder tempo a escrever umas palavras. Eu acredito, portanto quem estiver de acordo, que passe a palavra sff e a faça chegar a quem se possa interessar. O desafio está lançado, resta-me agora esperar que 2013 me traga a boa nova...

Nota: para os mais curiosos, a imagem inicial deste comentário é mesmo de um operador de câmera italiano, aquando de uma visita minha a um local de interesse paleontológico (30000 pegadas de dinossaurio...), em Itália.

Sem comentários: