terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Um dos muitos desafios para 2012!


Inicio o ano com um desafio para cidadãos e entidades públicas e/ou particulares, o da vossa participação na segunda edição do Limpar Portugal. Depois da primeira edição do Limpar Portugal, em 2010, onde tive o privilégio de ser coordenador concelhio (Ansião), houve quem dissesse que não deveria voltar a haver o Limpar Portugal nos mesmos moldes, no entanto permitam-me os mesmos discordar. 
Considero que mesmo apesar da crise, todos deverão participar, especialmente os que puderam participar na primeira edição. A minha justificação é muito simples, a de que só assim todos poderão ver como alguns portugueses conseguem ser tão porcos. Desculpem a palavra mais forte, mas depois de irem ao terreno irão concerteza concordar comigo. No início de 2011, quando andava a tirar algumas fotografias de algumas das lixeiras visualmente mais "apelativas", pude ver que além de alguns porcos continuarem a fazer mais do mesmo, continuam a surgir novas lixeiras por vários sítios mais ermos. 
Este ano não poderei ser novamente coordenador, pois além de não ter os 2 meses de trabalho (e algum dinheiro) que investi em 2010, há que dar lugar a outros jovens que queiram dar um belo contributo por uma causa que é de todos. Irei ser de certeza ser voluntário desta iniciativa, promovendo um grupo numa das associações da qual faço parte. Com poucos meios e com muita vontade conseguem-se fazer milagres, isso vos garanto.
Irei estar particularmente atento ao excelente trabalho que a Câmara Municipal de Ansião tem feito deste o Limpar Portugal 2010. Irei também estar atento à Câmara Municipal de Alvaiázere, já que em 2010 foi a única autarquia da região (e uma das poucas do país) que não participou nesta iniciativa. Em Alvaiázere participou "apenas" o Rancho Folclórico da Freguesia de Pussos, dando assim uma lição de cidadania certas individualidades de Alvaiázere. 
Obviamente que terei atenção a Soure, Pombal, Condeixa e a Penela. Espero conseguir eliminar uma lixeira existente no lugar da Cumieira, lixeira esta já denunciada há quase 2 anos e que continua na mesma, quiçá por estar longe da vista... Curioso que, quando denunciei o caso, através do Jornal Região do Castelo, chegou a ir ao local um vereador, o qual disse que o caso iria ser resolvido, no entanto o tempo passou e nada feito.
Fica então a importante referência do azinheiragate a uma iniciativa louvável!

Sem comentários: