sábado, 29 de outubro de 2011

O nosso desprezo pela região de Sicó


Por mais que tentemos negar, muitos de nós desprezamos a nossa região, é um facto. Este mesmo desprezo passa, também, por não aproveitarmos os recursos que temos, nomeadamente a paisagem cultural de Sicó.
Há meses atrás, falei sobre a temática dos pseudo-miradouros que temos nesta região, complementando agora com outros factos que considero pertinentes.
Nas minhas voltas aqui pela região, volto regularmente a muitos lugares, de certo modo a monitorizar alguns pormenores que me interessam. Um dos pormenores passa por algo muito simples, ver como tratamos aquilo que temos, em termos de infraestruturas. Muitas vezes queixamo-nos que falta muita coisa, mas, por outro lado, destruímos ou degradamos o que já temos. Lembro-vos que a passividade também ajuda a degradar aquilo que temos, portanto nada de sacudir a água do capote.
Falo concretamente de alguns espaços de lazer, caso do existente na Melriça. Falo especificamente deste espaço, porque é um lugar que aprecio bastante. Há outros espaços iguais, caso do Outeiro e o da Serra do Mouro.
Ao lado do miradouro da Melriça, existe um espaço de lazer bem interessante, no entanto as pessoas não o utilizam como deveriam/poderiam, chegando ao cúmulo de vandalizar. Há vários motivos para isto, no entanto eu destaco dois, o natural desinteresse da maioria de nós, e a mania que temos de ficar em casa (à frente da televisão ou do computador) ou no café. No Verão a queixa que mais oiço é que está calor, e no Inverno dizem que está frio. É realmente curioso como é que temos uma região e um país com um clima bastante interessante, que permite desfrutar enormemente da Natureza, e depois não aproveitamos isso mesmo.
Se eu fosse a pessoa mais rica do mundo, uma das coisas que iria concerteza fazer, seria a de oferecer uma viagem a muitas pessoas, pois esta seria uma excelente forma de alargar os horizontes de muitas pessoas. É precisamente isto que falta na região de Sicó, o alargar os horizontes, pois só assim poderemos ver que afinal temos uma região fantástica e que a andamos a desprezar há muitos anos. Pensem nisto...

Sem comentários: