domingo, 10 de outubro de 2010

Leitura obrigatória no domínio da biodiversidade


Da última vez que falei sobre a questão da biodiversidade prometi que o faria, portanto destaco agora um manual obrigatório para todas as pessoas que se interessam pela temática da vegetação.
Reparo muitas vezes que há pessoas que, mesmo com boa intenção, cometem erros que se podem pagar caros no que concerne à preservação da rica biodiversidade da região de Sicó (e não só...). Estes erros devem-se, fundamentalmente, devido à falta de informação sobre algo tão importante como são as espécies autóctones, além de outras espécies a que genericamente são denominadas por invasoras.
Vê-se muitas pessoas a comprar nos mercados espécies que nunca deveriam estar à venda de forma livre, algo que tem comprometido em certa medida um futuro risonho para as nossas espécies.
Por isso nada melhor do que alertar para a gravíssima problemática que são as espécies invasoras. O manual que agora destaco é uma obra fundamental neste domínio, que pode ajudar de sobremaneira a mitigar, de alguma forma, este problema. Pessoas informadas significam uma força de acção importante para que as coisas se possam começar a resolver.
As bibliotecas de Ansião e Alvaiázere têm este manual, sobre as outras bibliotecas da região de Sicó não estou informado, mas nada melhor do que fazerem uma visita a estes locais de cultura e questionarem as mesmas.
Há também outra opção, que serve como complemento a esta obra de excelência, são fichas para a identificação e controlo, as quais podem ser encontradas em:
Em vez de perderem tanto tempo há frente da televisão a ver conteúdos supérfluos, sugiro-vos vivamente a consulta destes importantes documentos.
Para finalizar deixo-vos mais uma vez com um link obrigatório:

Sem comentários: