quarta-feira, 28 de julho de 2010

Incitação à violência é crime...

Porventura alguns de vós poderão pensar que este tema não tem nada a ver com os objectivos do azinheiragate, mas curiosamente até tem a ver... Tendo em conta a real ameaça passo a contar o sucedido.
Acontece em muitos países, em áreas dominadas por interesses obscuros, que algumas pessoas, como eu, que defendem o património natural (ou cultural, etc) e que sabem demais, são por vezes alvo de ameaças várias, já que são incómodas para certos interesses que se regem por valores eticamente e moralmente reprováveis.
Já fui ameaçado de forma anónima algumas vezes por alguns destes interesses obscuros, algo que sinceramente não me causa algum tipo de receio. Depois do grave acidente que tive em 2005, a combater um incêndio, o medo tornou-se algo de muito relativo. Tenho obviamente os meus cuidados e estou bem protegido. Certos acontecimentos na minha vida, em que defendi, como sempre, o bem público, mostraram-me que tenho muitos amigos e nas mais variadas áreas, alguns que "desconhecia", por isso mesmo a minha confiança nas lutas contra os tais interesses obscuros (e a favor das populações), cresceu de forma sólida e sustentada. Na mesma medida tive de reforçar certos cuidados, pois não sou incauto...
Nos últimos meses tenho sabido de uma nova forma de ameaça à minha integridade física, confesso que não esperava que fosse tão absurda e tão reles, tal é a baixeza dos interesses obscuros e tal é o desespero por eu ser alguém extremamente incómodo na prossecução dos planos dos tais interesses obscuros na região de Sicó.
A ameaça vem de interesses obscuros instalados em Alvaiázere (e com tentáculos na região de Sicó), um território fantástico em termos de património. Se calhar gostariam que eu dissesse de quem vem tal ameaça, mas sempre gostei um bocado de mistérios, apenas comuniquei a algumas pessoas chave de quem vêm afinal essas ameaças, portanto lá se foram os planos cobardes dos interesses obscuros. Obviamente que podem tentar algo, mas sabendo que estão desmascarados e que caso a minha integridade física fosse posta em causa, estes saberiam que seriam os primeiros na lista de suspeitos, mesmo que na categoria de mandantes.
Sempre pensei que os tais interesses obscuros fossem mais espertos, mas burro será sempre burro...
O plano, em pleno desenvolvimento, baseia-se fundamentalmente em dois eixos. O primeiro tem a ver com a delegação de tarefas a alguns lacaios (gente do povinho que passa o seu dia na tasca), já que ao que fui informado há gente que se me apanhar sozinho em Alvaiázere, bate-me com paus. Que desespero...
O segundo eixo já tem mais algum alcance, pois tem passado pelo envenenamento da opinião pública de uma forma bastante concreta e feita por pessoas que estão na primeira fila da missa. Algumas "pessoas" sem escrúpulos têm cultivado literalmente o ódio à minha pessoa, em várias situações e de variadas formas, incitando a comportamentos menos dignos. Serão cristãos exemplares?
Penso que isto basta para todos verem como há gentinha desesperada por eu ser alguém que até sabe umas coisas engraçadas. Vejam como é possível descer tão baixo em termos humanos e porque é que algumas regiões de Portugal estão na miséria. Pena que assim seja.
Para finalizar queria apenas dizer para não se assustarem pois esta gente reles não vale um centavo. Tenho os meus cuidados e continuarei a ter, curiosamente estou muito feliz por saber que ando tão bem cotado na lista negra de alguns interesses obscuros. Felizmente que em Alvaiázere também há muitas pessoas e entidades de bem, as quais também me protegem, lembrem-se disso! Não há que ter medo ou receio, eu não tenho.
Os planos desta gente malévola não vão longe, a razão é simples, esta gente malévola ainda não percebeu que não é ela quem anda à caça, andam sim a ser caçados por predadores que além de desconhecerem, subjugam....
No próximo comentário volto à normalidade no azinheiragate, para já senti-me forçado a partilhar estas novidades. Desculpem o "frete", mas é algo de importante.
Radix Malorum est Cupiditas

Sem comentários: