quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Alvaiázere: Iniciativa Limpar Portugal em risco


Desculpem os mais atentos em estar a insistir tanto no relato de situações lamentáveis em Alvaiázere, já não o fazia há um tempo, mas a gravidade dos factos justifica-o. Prometo que irei dar mais atenção a outros sectores da região de Sicó nas próximas semanas.
Desta vez falo-vos da iniciativa Limpar Portugal, iniciativa que alguns de vós já terão ouvido falar e que daqui a poucas semanas começará a ter um grande impacto nos media nacionais:
Há semanas atrás decidi aceitar o convite que me foi endereçado para ser o coordenador concelhio desta iniciativa em Alvaiázere (e Ansião também), começando eu a mexer-me para dar forma a esta iniciativa neste belo concelho.
Apesar de saber que há atritos entre mim e duas ou três pessoas de destaque em Alvaiázere, sabia também que sou capaz de separar as coisas, portanto entrei em contacto com algumas entidades públicas de forma a pedir o seu apoio a esta nobre iniciativa. Sem o apoio de entidades públicas e/ou privadas o sucesso desta inicativa é quase que impossível.
Infelizmente o ressabiamento é algo que continua a ser um dado adquirido em Alvaiázere, já que não se compreende como é que quase um mês após ter entrado em contacto com estas entidades, não tenha sequer uma única resposta positiva, nem mesmo das entidades que mais responsabilidades têm no domínio das políticas ambientais concelhias.
Tendo em conta estes factos, e para evitar o total insucesso desta iniciativa em Alvaiázere, decidi que a partir de hoje (26/11/2009) deixo de ser coordenador concelhio em Alvaiázere, esperando eu que o meu afastamento leve os ressabiados a apoiar esta iniciativa tão importante em Portugal. Já relatei os factos em reunião distrital e a minha posição foi totalmente compreendida por todos os elementos que fazem parte da coordenação distrital.
É com muita tristeza que me afasto desta lugar de coordenação, já que queria dar muito de mim, mas mesmo assim continuo a ser voluntário e disponível para ajudar quem esteja disponível para assumir a coordenação concelhia, seja quem for.
É triste ver que uma iniciativa tão importante seja alvo de atitudes ressabiadas, mas são coisas que infelizmente acontecem.
Uma coisa vos digo, em Ansião, onde sou coordenador, as coisas estão a correr às mil maravilhas, total cooperação e nenhum vestígio deste tipo de atitudes, algo que mostra quem é quem e que prejudica apenas e só quem continua a ter atitudes vingativas para com a minha pessoa.
Peço a todos que divulguem esta inicativa e que se juntem aos vossos grupos concelhios na região de Sicó (e não só), pois já ha grupos constituídos em todo o país!

Sem comentários: