sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Noras: um património esquecido na região de Sicó

Nora com alcatruzes


A nora é, como muitos de nós sabemos, um engenho para tirar a água dos poços. Provavelmente poucos são os que sabem afinal quantas noras há na região de Sicó, mas uma coisa vos garanto, são bem mais do que possam imaginar...
Mesmo já conhecendo razoavelmente bem a região de Sicó, a cada dia que passa descubro mais aparelhos deste género (sem contar com as picotas). Apesar de já conhecer algumas noras, ao longo dos últimos anos fui tendo mais atenção ao que afinal é mais um, entre muitos outros, do nosso património, mesmo em locais pouco expectáveis continuo a conhecer mais noras, algumas delas ainda em razoável estado de conservação.
Alguns destes exemplares estão em avançado estado de degradação, necessitanto de urgentes medidas de recuperação. A outras resta, talvez, um lugar num espaço museológico.
Um apelo que eu deixo aos municípios da região de Sicó, é que recuperem estes belos exemplares, alguns deles podem voltar à sua função ancestral, mesmo que "apenas" integradas em roteiros turísticos, é algo de muito valioso e que pode ser integrado de forma perfeita em algumas actividades nesta região.
Infelizmente este é um dos muitos exemplos que temos na região, apesar de terem grande valor cultural, não lhes damos o real valor e, por isso, perde-se um rico património. Ainda à poucos meses estive num encontro promovido pela Albaiaz (Associação de Defesa do Património), onde foi abordada esta questão de forma bem elucidativa.
Falem com as vossas juntas de freguesia, câmaras municipais, associações locais, só assim poderemos impedir que se perca este vasto património. A participação pública é uma das formas mais eficazes de se impedir a perca da identidade regional, por isso façam uso dela!

Sem comentários: