terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Grupo Protecção Sicó: um grupo fundamental na defesa do património


Já tinha pensado num novo tema para introduzir no blog de todos nós, um tema relacionado com todos aqueles que efectivamente defendem o património da região de Sicó. Inicio desta forma uma abordagem sobre aqueles que realmente merecem respeito por toda a dedicação e paixão que têm na defesa intrasigente do vasto património de toda a região.
Nada melhor do que começar com o Grupo Protecção Sicó (GPS), um grupo de espeleólogos que se dedica há vários anos fundamentalmente na descoberta do que eu denominei na minha tese de mestrado como a "metade esquecida do carso". Muitas pessoas não os conhecem, é pena, pois mais do que ninguém eles conhecem quase tudo o que há para conhecer, não se restringindo, no entanto, às grutas.

Para quem não conhecer sugiro o site e o blog deste grupo, onde podem ver efectivamente que há massa crítica que é importante ajudar e promover, pois o seu potencial enquanto conhecedores do território é enorme.



Pessoalmente diria que neste grupo seria possível reunir uma equipe que daria cartas na gestão territorial de toda a região, colocando a um cantinho muitos autarcas que apenas estão no poder por interesse e não por paixão, como poderia ser o caso desta equipe. Além disso não são corruptíveis, caso de muitos políticos.

Até 2007 desconhecia o GPS, mas quando dei a ideia de um eventual geoparque para a região de Sicó, logo entraram em contacto comigo para troca de ideias, desde então fiz grandes amizades e uma coisa vos garanto, são pessoas com princípios e que gostam efectivamente da região. Já fizémos actividades científicas em conjunto, além de um artigo científico que em breve terão a oportunidade de ver, já que é uma iniciativa ímpar a nível nacional.

Podem dizer agora alguns de vós, será que é justo eu estar a dar visibilidade a amigos meus? Sim, é justo, pois eu dou visibilidade (ainda mais) a quem efectivamente é competente, pois tenho muitos amigos, mas poucos são efectivamente competentes, eu não misturo as coisas. Dou-lhes mais visibilidade pelo facto de serem competentes e sérios e não por serem amigos, aliás eles nem sequer imaginam que estou a publicar este post.

Agora uma sugestão minha áqueles que perdem o seu tempo nos cafés sem fazer nada, porque não partir à descoberta da "metade esquecida do carso"? Muitos de vós perdem tempo com coisas supérfluas em vez de fazerem como este grupo, que além de não perder tempo com coisas supérfluas, mostra coisas importantes que mais ninguém conhece, algumas delas que podem contribuir para que a região se desenvolva no bom caminho, longe de interesses e outras coisas mais que só nos fazem perder tempo.

Vão ver que não dão o vosso tempo por perdido, explorem um mundo que vos garanto, é mesmo maravilhoso! E não digam como um pseudo autarca que uma vez disse à minha frente e à frente de um professor universitário que «só cá vem quem não foi a outros países», pois de ignorantes o mundo está cheio. Eu já fui a alguns países muito bonitos em termos de património natural, como por exemplo a Noruega, Suiça, Eslovénia, Croácia, etc, e uma coisa vos garanto, passei a gostar ainda mais da região de Sicó, mesmo apesar da destruição que estes autarcas têm vindo a promover a troco de meia dúzia de tostões...


Legenda: Algar lá para os lados de Ansião (não vou dizer aonde senão....)

1 comentário:

jo ra tone disse...

Interessante.
Como gosto muito de geografia
Voltarei para conhecer a minha (nossa) Serra do Sicó.
Até lá